sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

6 destinos brasileiros que promovem o Turismo Sustentável

6 destinos brasileiros que promovem o Turismo Sustentável 


Você já ouviu falar de turismo sustentável? Esse tipo de turismo vem crescendo bastante entre viajantes e empresas de turismo. E quando o assunto é viagem, sempre será uma boa ideia escolher empresas que preservem os locais e promovam o desenvolvimento sustentável. 
Além disso, escolher atividades sustentáveis é uma boa prática para tornar a viagem mais ética e consciente.

Abaixo você vai conferir uma lista incrível com algumas cidades brasileiras que você pode visitar sem dor na consciência. Não deixe de acompanhar e boa leitura! 

Bonito é uma das cidades brasileiras que promove o turismo sustentável 

Bonito é uma cidade que fica a cerca de trezentos quilômetros do Mato Grosso do Sul e é referência internacional em turismo sustentável. É famosa pela sua beleza natural e pelas atividades de ecoturismo que desenvolvem para moradores e turistas. 
Em 2013, a cidade foi eleita como o melhor destino sustentável do planeta. Bonito conta com paisagens naturais de tirar o fôlego e passeios com animais da região.
Além disso, a cidade disponibiliza um voucher para os turistas que controla o número de visitantes nas atrações. O intuito é impedir que a natureza tenha impactos negativos. 

Fernando de Noronha não podia ficar de fora dessa lista de turismo sustentável 

A cidade conta com um controle rígido do número de turistas que visitam a ilha, além de ações que objetivam diminuir a emissão de gás carbono. Fora isso, a cidade usa material reciclado em suas construções e envolve a população nos projetos. 
Noronha também se torna um excelente destino para quem se preocupa com a sustentabilidade e ética na indústria do turismo. No ano passado, a cidade foi o segundo destino brasileiro a alcançar o top 100 de destinos sustentáveis globais. 

Gramado e Canela também fazem turismo sustentável 

As duas cidades do Rio Grande do Sul costumam ficar bastante movimentadas durante o inverno e oferecem diversas opções de lazer para as famílias. Em Canela, o Hotel Blumenberg foi premiado por possuir iniciativas sustentáveis. O Hotel Bangalôs da Serra, em Gramado, recebeu o mesmo prêmio. Dentre as iniciativas, merecem destaque a divulgação da cultura local e a diminuição e reciclagem de resíduos. 
Fora isso, a Agência Sul Turismo realiza roteiros no interior do estado que permite a integração com famílias de agricultores da região. 

Gramado - by RGS

Turismo sustentável  em Miranda – Mato Grosso do Sul

Miranda, uma pequena cidade do Mato Grosso do Sul, também realiza turismo sustentável. O local abriga o Refúgio Ecológico Caiman, que foi finalista do prêmio internacional de turismo sustentável. 
A fazenda conta com cinquenta e três mil hectares e tem um programa de pesquisas e conservação da flora e da fauna do Pantanal. O local conta ainda com uma estância, que possui uma criação de gato que pode receber a visita de turistas. 
Miranda possui ainda um complexo com pousadas sustentáveis e pequenas vilas que abrigam funcionários e familiares. Vale ressaltar que esses funcionários recebem treinamento de programas socioambientais. 

Socorro – São Paulo e o turismo sustentável 

A cidade de Socorro fica localizada na divisa com Minas Gerais. É conhecida pela oferta abundante de roteiros com aventuras na natureza. Um dos exemplos de turismo sustentável no Brasil é o Hotel Fazenda Campo dos Sonhos. O local é compromissado com a cultura local, o meio ambiente e a acessibilidade. 
O hotel criou o projeto Aventureiros Especiais. A iniciativa desenvolveu maneiras de aplicar o turismo adaptado, feito especialmente para pessoas com deficiência. Dentre as atividades ofertadas há passeio de trator, arvorismo, cavalgadas e trilhas. 

Finalizamos a lista com a Reserva Mamirauá, no Amazonas 

A Reserva se localiza a aproximadamente seiscentos quilômetros de Manaus. O local abrange 6 munícipios: Fonte Boa, Uarini, Maraã, Tefê e Jutaí Alvarães. Em Tefê fica localizada a sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, além da pousada Uakari. 
Essa pousada dispõe de programas de ecoturismo. Dentre as atividades estão passeios de canoa e de barco, busca por animais noturnos na floresta e visitas às comunidades ribeirinhas. 


Características do Turismo Sustentável

A oferta para um turismo sustentável consiste em naturais e artificiais como: 


  • atrações naturais (paisagens, clima, água, praias, vida selvagem, vegetação) 
  • atrações culturais (arquitetura histórica, religiosa ou especialmente típica monumentos, artesanato tradicional ou outras formas econômicas, folclore, fes-tivals, cultura cotidiana, hospitalidade, pratos especiais, etc.). 
  • Instalações de transporte 
  • Instalações de férias (acomodações, comida, lojas, entretenimento e outros instalações necessárias para atividades turísticas, como trilhas para caminhada) 
  • Facilidades de mediação (agentes de viagens, operadores turísticos, gabinetes de informação turística)
  • Opções de campismo ambientalmente amigáveis; 
  • Passeios indígenas guiados; e 
  • Atividades de apoio a um recinto de arte / cultura

Vantagens econômicas do Turismo Sustentável

  • Envolve a comunidade anfitriã na governança do turismo, planejamento e gestão local. 
  • Enfatiza os limites do turismo para o desenvolvimento. 
  • Geração de lucro econômico para a economia local. 
  • Independência econômica da população local
  • Gera benefícios econômicos para os habitantes locais, contribui para o patrimônio cultural e natural e aumenta o bem-estar geral da comunidade anfitriã; 

Aspectos ecológicos do turismo sustentável

  • Minimização dos impactos negativos do turismo 
  • Preservação natural e cultural e conservação 
  • Promoção da observação do visitante e compreensão - o meio ambiente 
  • Uso eficiente de recursos no turismo
  • Procura ativamente minimizar todos os impactos negativos; 

Problemas típicos no desenvolvimento do ecoturismo

  • Áreas de conservação não cobram taxas ou apenas taxas muito baixas que não são suficientes para as despesas incorridas pelo turismo. 
  • Os ganhos das taxas devem estar disponíveis para a conservação da natureza local. 
  • As empresas de turismo freqüentemente se opõem às taxas porque elas temem efeito sobre sua competitividade; ou criticam o fato de que as taxas são usadas apenas para burocracia governamental. 
  • A população rural local não possui o know-how , a experiência e experiência com recursos inanceiros para participar no negócio do turismo. 
  • Em muitos casos, a força de trabalho local não pode aceitar empregos qualificados devido a nível de treinamento . Além disso, os bens e serviços locais são inexistentes ou de pouca qualidade para resultar em efeitos multiplicadores notáveis. 
  • Em alguns casos o potencial turístico é superestimado porque não há estudos de viabilidade ou custo-benefício análise foram realizadas. 
  • Muitas vezes , o setor privado e outros protagonistas relevantes são ignorados em vez de serem atraídos por seu profissionalismo e contatos de mercado

A importância da sustentabilidade nos dias atuais passa pelo ecoturismo e atividades como turismo cultural, turismo desportivo, desenvolvimento sustentavel, turismo receptivo. Considera-se também a importância das cidades sustentáveis, educação ambiental e uso de tecnologia sustentável para se escrever uma nova história do turismo mundial com a especialização em práticas que promovam uma vida sustentável para a comunidade local.

Espero que você tenha gostado de conhecer algumas das cidades brasileiras que promovem o turismo sustentável. Que tal, na sua próxima viagem, você escolher uma delas para visitar? Comente!

Referências

https://www.giz.de/expertise/downloads/en-tourism-sustainable-development.pdf
https://www.mdpi.com/2071-1050/6/5/2538/pdf



Por Blog Canal Cidade


.
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Canal Cidade visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de informações das mais diversas áreas do conhecimento e cultura, além de notícias.


0 comentários:

Enviar um comentário

 
Política de Cookies | Política de Privacidade | Termos de uso | Sobre

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.